Precisamos falar sobre isso: Distúrbios Alimentares

      Ooooi amores, tudo bom com vocês? Espero que sim!
Hoje vamos conversar sobre um assunto um pouco mais delicado, que já não é tão dito como antes, mas continua atingindo milhares de pessoas todos os anos: os distúrbios alimentares. Dentre os distúrbios alimentares mais comuns encontramos a Obesidade, Anorexia e Bulimia.
  • Obesidade
Começando pela obesidade, que é o distúrbio alimentar mais dito hoje em dia. A obesidade pode ser causada por vários fatores como por exemplo doenças, compulsões alimentares, genética e etc. Essa doença tem atingido uma boa parte de pessoas pelas condições de vida atual. Todos os tipos de comidas com fácil acesso e baixo preço. Muitas pessoas se incomodam com a obesidade pela estética, e não enxergam que tem algo muito pior por trás disso tudo: A saúde pode estar indo embora. Tem muitas pessoas que são obesas e dizem: "Eu amo ser gordinho(a)" tem que se amar mesmo, mas quando a saúde está em jogo tem que se tratar pra ter uma vida de qualidade. Na figura abaixo temos alguns problemas que são consequência da obesidade:




Existem alguns casos que só a cirurgia bariátrica pode solucionar, mas na maioria das vezes você pode prevenir chegar a esse ponto, e pode sair dessa só com acompanhamento, dieta e exercícios. O tratamento inclui a reeducação alimentar. Este procedimento pode ter acompanhamento psicológico e auxílio das pessoas próximas. Além disso, deve-se dar início as atividades físicas para gastar a energia acumulada do organismo na forma de gordura. A atividade física diminui o apetite e melhora a autoestima e auxilia na perca de peso.


  • Anorexia e Bulimia

Se engana muito quem pensa que ser magro é sinônimo de saúde, e quem pensa que os problemas de quem é muito magro nem se compara aos de pessoas muito gordas, a saúde é afetada da mesma forma, e quase sempre a saúde psicológica também é abalada fortemente. A anorexia e a Bulimia surgiram quando a mídia começou a expor modelos, atrizes muito magras, colocando-as como padrão de beleza, muitas pessoas se sentiam infelizes com o corpo e queriam emagrecer de forma rápida, sem nenhum tipo de auxílio.

Diferença emtre a anorexia e a bulimia:
A anorexia é nítida! A pessoa emagrece, emagrece, emagrece... Não come quase nada e sua aparência deixa claro que essa pessoa está com algum problema. Já a bulimia engana. Muitos homens e mulheres com corpos lindos, vivem de dieta e aparentemente tem uma vida saudável (exagerada além do limite), costumam ter obsseção pelo corpo e, compulsão alimentar. Fazem mil dietas, mas as vezes atacam a geladeira e comem T-U-D-O de uma vez, e, como forma de se livrarem da culpa colocam tudo pra fora, seja com remédios ou vômitos. Essas são doenças mais comuns nas mulheres, mas também vem atingindo muitos homens ao passar dos anos.































Devemos ficar atentos aos sintomas, pois as vezes parecem coisas normais e na verdade já dão indícios que a pessoa pode estar precisando de ajuda:

  • Medo excessivo de engordar;
  • Quer sempre estar abaixo do peso que é ideal (anorexia);
  • Exercícios físicos em excesso;
  • Ir no banheiro imediatamente após as refeições;
  • Usar comprimidos para urinar, evacuar e queimar gordura;
  • Isso pode causar: pensamento lento, depressão, frio.
  • Comer em excesso até sentir desconforto ou dor (Bulimia);
  • Usar suplementos diários para auxílio ao "CORPO PERFEITO"
  • Além disso, pessoas com essas doenças costumam ter visões distorcidas sobre o próprio corpo.
























Esses distúrbios não são tratados com cirurgias como a obesidade, o diagnóstico é feito com um médico, e para ser tratado é necessário acompanhamento médico, nutricional e psicológico. Além de ajuda e apoio das pessoas mais próximas. Está com alguns dos sintomas acima, ou conhece alguém que está? Procure ajuda imediatamente, todos esses distúrbios são doenças e devem ser tratadas para evitar maiores problemas. Essas doenças podem levar a morte!

Faça o cálculo do seu IMC para saber se você está em risco:
Para calcular é só dividir seu peso por altura ao quadrado:
IMC = Peso / altura²

Abaixo de 17 Muito abaixo do peso
Entre 17 e 18,49 Abaixo do peso
Entre 18,5 e 24,99 Peso normal
Entre 25 e 29,99 Acima do peso
Entre 30 e 34,99 Obesidade I
Entre 35 e 39,99 Obesidade II (severa)
Acima de 40 Obesidade III (mórbida)

Então por hoje é isso meus amores, espero que esse post possa ajudar. Beijinhos, fiquem com Deus e até o próximo!

12 comentários:

  1. Achei bem esclarecedor o seu post.
    big beijos

    ResponderExcluir
  2. Post super importante! Se as pessoas ficassem atentas a estes sintomas, muita história triste seria evitada! Beijinhos... Au revoir!

    ResponderExcluir
  3. É uma coisa tão séria e que nem todo mundo leva assim. Triste ver pessoas morrendo pq não receberam a ajuda que precisavam
    Muito bom o post ❤

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post! É um assunto que precisa muito ser falado.

    ResponderExcluir
  5. É super importante abordar esse tipo de assunto, Post super esclarecedor.

    ResponderExcluir
  6. Que post heim! Esse assunto é de séria preocupação. Gostei muito da maneira como você falou sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  7. Seu post está cheio de informações úteis e isso pode ajudar muita gente

    ResponderExcluir
  8. Muito bacana e importante esse post. Os pais devem ficar de olho nos adolescentes principalmente as meninas.
    Qualquer sintoma que denota exagero , compulsão devem ser observada.
    Amei, parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Importante matéria! Um alerta geral! Parabens

    ResponderExcluir
  10. Importante matéria! Um alerta geral! Parabens

    ResponderExcluir
  11. Olá! Durante 9 anos fui diretora de uma agencia de modelos, e vi muitos casos assim, as modelos era magra e se achava gorda. Agencia quando percebia chamava os pais e encaminhava para um medico.


    www.danielacomitre.com.br

    1001 Beijokas

    ResponderExcluir
  12. Acho bacana esses posts!
    Eu estou abaixo do peso e isso me preocupa!
    Agora vou tentar ficar em forma mas sem exagero ou neuras!

    ResponderExcluir